Notícias

Notícias

Produção de ovos cresce 3% em 2020 e atinge nível recorde

19/03/2021

Os dados da Estatística da Produção Pecuária, divulgados ontem (18) pelo IBGE, mostram que a produção de ovos de galinha totalizou 4 bilhões de dúzias em 2020, alta de 3% em relação a 2019, influenciada pelo aumento do consumo do produto em meio à recessão instaurada por conta da pandemia, como explica o supervisor da pesquisa, Bernardo Viscardi. “Trata-se de uma proteína de valor mais acessível em comparação às carnes. Por outro lado, houve incremento significativo nos custos de produção do setor”, afirma.

Houve aumento de produção em 18 das 26 UFs com granjas enquadradas no universo da pesquisa. Os aumentos mais expressivos foram em São Paulo (mais 25,3 milhões de dúzias), Santa Catarina (mais 16,0 milhões de dúzias), Bahia (mais 13,8 milhões de dúzias), Mato Grosso (mais 12,5 milhões de dúzias), Mato Grosso do Sul (mais 11,8 milhões de dúzias) e Paraná (mais 11,5 milhões de dúzias). Entre as UFs com quedas na produção, se destacaram Goiás (menos 6,8 milhões de dúzias) e Minas Gerais (menos 6,7 milhões de dúzias).

São Paulo continua liderando, com 28,9% da produção nacional, seguido pelo Paraná (9,1%), que apresentou incremento na sua produção em relação a 2019, e ultrapassou o segundo e terceiro colocados, que tiveram quedas em 2020. A terceira maior produção do país foi do Espírito Santo (9,1%, muito próxima do segundo colocado) e em seguida de Minas Gerais (8,9%). A Região Sudeste continuou responsável por quase metade da produção de ovos do país: originou 47% do total produzido em 2020.

O cruzamento de informações cadastrais das granjas, com os dados apurados no ano de 2020, possibilitou contabilizar a quantidade de granjas e de ovos produzidos, segundo a finalidade da produção (consumo e incubação). Verificou-se que mais da metade das granjas (1.109 ou 55,2%) produziram ovos para o consumo, respondendo por 80,7% do total de ovos produzidos, enquanto 900 granjas (44,8%) produziram ovos para incubação, respondendo por 19,3% do total de ovos produzidos.

No 4º trimestre de 2020, a produção de ovos de galinha foi de 990,4 milhões de dúzias no 4º trimestre de 2020. Essa quantidade foi 0,1% inferior à apurada no trimestre equivalente de 2019 e 2,6% menor que a registrada no trimestre imediatamente anterior. O setor foi impactado pela elevação dos preços dos insumos e pelo excesso de oferta, que mitigou o repasse dos custos ao consumidor. Ainda assim, o 4º trimestre de 2020 apresentou a 3ª maior produção e o melhor mês de dezembro da série histórica iniciada em 1987.

Fonte: IBGE/AviSite
Créditos da Imagem: Banco de Imagens ASGAV

Voltar